Notícias

Crianças ajudam na reforma do teto da Catedral de Colatina

A reforma do telhado da Catedral de Colatina, na Região Noroeste do Estado, que está […]

Publicado: Terça-feira, 29 de agosto de 2017.

A reforma do telhado da Catedral de Colatina, na Região Noroeste do Estado, que está em fase final, ganhou um auxílio muito especial. É que crianças e adolescentes de 11 comunidades da paróquia fizeram verdadeiras obras de arte em telhas, que serão vendidas e o dinheiro será usado na obra do templo.

Sob o tema: “O coração de Jesus é a fonte de todas as graças!”, as crianças da catequese, os adolescentes e crismandos ornamentaram 300 telhas e colocaram em exposição, no último dia 22 de agosto, dia do aniversário da Cidade de Colatina.

A Praça Frei José Corteletti, em frente à Catedral virou uma galeria de arte onde várias pessoas puderam apreciar e adquirir as telhas.

“Os fiéis não estavam levando uma telha somente, mas um pedaço da história da Catedral de Colatina e a oportunidade de participar da construção de um novo telhado, dando continuidade ao trabalho feito por antepassados que ajudaram a edificar a Catedral”, disse o pároco, padre José Valdecy Romão, que propôs a utilização das telhas para conseguir dinheiro para as obras.

A menina Marina D’Isep Tozzi, de 9 anos, conta que decorou três telhas. “A catequista pediu para soltarmos a criatividade. Então, fiz as três telhas e minha mãe comprou para presentear minhas avós e uma para ficar lá em casa”, contou.

“Achei lindo o projeto. Foi um prazer poder trabalhar com as telhas que são abençoadas”, elogiou a mãe de Marina, Solange Richa D’ Isep.

Arthur Tamanini Fereguetti, também de 9 anos disse que conseguiu os materiais para decoração com a avó. “Minha avó é costureira, por isso, consegui bastante coisa com ela e fiz três telhas”, disse o garoto, que foi apoiado pela mãe, Keila Silva Tamanini. “Ele adorou o projeto e é maravilhoso ver essa vontade dele de querer participar”, acrescentou a mãe.

Coordenador paroquial de crisma, Welington Fonseca de Carvalho informou que haverá uma nova exposição organizada no dia 1º de setembro, sexta-feira, na mesma Praça em frente à Catedral. Serão cerca de 50 novas telhas com o preço máximo de R$ 50,00.

A REFORMA

Depois de 67 anos, cobrindo e protegendo os fiéis, que no templo se reuniram para celebrar as solenidades, o telhado da Catedral precisou passar por uma reforma urgente, após uma parte cair. Todo o telhado precisou ser trocado e o forro de gesso também precisou de manutenção. As telhas foram doadas e a mão de obra é paga com o auxílio das doações.

As telhas antigas foram disponibilizadas aos fiéis por iniciativa do pároco da Catedral, padre José Valdecy Romão, que propôs em troca a realização de ofertas para adquiri-las, como forma de ajudar na construção do novo telhado.

 

 

SAIBA MAIS

A catedral

História

A história da Catedral teve seu início nos anos de 1950, como Matriz do Sagrado Coração de Jesus, idealizada pelo arquiteto italiano Benedito Calixto – dele também é o projeto arquitetônico da Basílica Santuário de Aparecida. O templo passou por algumas reformas e tornou-se Catedral quando aconteceu a instalação da Diocese em Colatina com a posse de seu primeiro bispo, Dom Geraldo Lyrio Rocha, em 15 de julho de 1990.

Nome

Catedral do Sagrado Coração de Jesus

Terminada a grande reforma, quando era pároco o Monsenhor Rubens Duque, a Catedral celebrou no dia 20 de julho de 1997 sua dedicação com o título de Catedral do Sagrado Coração de Jesus. Nesse mesmo dia, foi realizada a sagração do altar sob o qual foram depositadas as relíquias de Santa Margarida Maria Alacoque, Beato Cláudio de La Colombière, São Geraldo Magela, Santa Teresinha do Menino Jesus e dos mártires São Sebastião, Santa Inês e Santa Maria Gorete. A Catedral é cercada por vitrais.

Padroeira

Capela de Nossa Senhora da Saúde

Em julho de 2007, Nossa Senhora da Saúde foi declarada padroeira da Diocese de Colatina pelo Papa Bento XVI. Sua imagem foi abençoada pelo então Núncio Apostólico, Dom Lorenzo Baldisseri, diante de uma grande multidão de fiéis devotos, no Santuário de Ibiraçu, no dia 21 de novembro de 2008. No mesmo dia, a imagem foi levada para a Catedral de Colatina, onde foi coroada e entronizada numa capela especialmente construída. Nesse local, todos os dias, às 18 horas, reza-se o Santo Rosário.

Fonte: Gazeta Online
Com informações de Diocese de Colatina

 

 

Comente