• 12/06/2018
  • 8:48 am
  • Geral - Notícias
Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Palco de uma guerra que deixou um rastro de cruzes na divisa do Espírito Santo e Minas Gerais atribuída ao lendário Sindicato do Crime, o município de Baixo Guandu completa nesta segunda-feira, 11 um ano sem homicídios.

O duelo entre fazendeiros e pistoleiros impôs o medo e terror de 1950 até meados da década de 1970. A fama do domínio da violência ganhou trégua com a marca de 365 dias sem registro de assassinatos.

A integração entre as polícias e órgãos públicos foi o motivo citado pelas autoridades locais para alcançar o Marco Zero de mortes violentas na cidade.

De acordo com a Polícia Militar, a última ocorrência foi em 11 de junho de 2017 com assassinato a tiros de José Romão da Silva.

Estatística de Baixo Guandu
2013 – 23 homicídios.
20114 – 18 homicídios.
2015 – 15 homicídios.
2016 – 12 homicídios.
2017 – 11 homicídios.
2018 – Nenhum homicídio registrado e caminha para um bom índice.

 

Fonte: Nilo Tardin