Notícias

Santa Teresa espera 40 mil pessoas para fim de semana da Carretella

As músicas típicas, desfiles que contam a história de Santa Teresa, região Serrana do Espírito […]

Publicado: Quinta-feira, 28 de junho de 2018.

As músicas típicas, desfiles que contam a história de Santa Teresa, região Serrana do Espírito Santo, e, é claro, uma imersão na tradição italiana estão de pé nesta 27ª edição da Festa do Imigrante Italiano, que começou nesta quarta-feira (27). Mas, como desde 2014 observou-se um movimento apelativo ao álcool no evento, a Prefeitura de Santa Teresa decidiu manter a não distribuição do vinho de graça durante a edição deste ano. No lugar, o suco de uva.

 

“Claro que a bebida faz parte e, para isso, desta vez antecipamos o início das festividades e desde o último fim de semana já estão acontecendo festas. Nesta semana, a programação continua e os restaurantes estão à disposição para atender aos visitantes. A diferença é só essa”, pontua o secretário, Marcelo Anacleto. A expectativa é que 50 mil pessoas apareçam durante todo o evento, já que só no sábado (30) a cidade deve receber 40 mil turistas. “Então é uma festa grande para uma cidade delicada, pequena… Precisávamos tomar uma medida para não acabar com a festa”, pondera.

 

Mas ( o evento) cresceu e a gente tem que se adaptar para não se perder no meio das nossas próprias comemorações. Então acho que todos entenderam que se a gente não fizesse essas mudanças a festa ia acabar não acontecendo mais

Marcelo Anacleto, secretário de Turismo e Cultura de Santa Teresa

Para ele, o slogan de “vai ter vinho de graça” levava um público à cidade que se ligava mais em beber muito. Então, com o passar do tempo, o desenrolar da Carretella não cumpria seu principal objetivo – o de divulgar a cultura italiana. “A gente está tentando qualificar o público nesse sentido. Tínhamos problemas com menores de idade e vamos recuperar a Carretella aos moldes que eram antes”, completa.

 

HISTÓRIA VALORIZADA

 

Desta vez, a Carretella vai valorizar ainda mais a cultura italiana, por meio dos desfiles que acontecem no sábado (30) e domingo (1º). “Serão entre 15 e 17 carros que vão contar a história desde os primeiros imigrantes italianos que chegaram a Santa Teresa até como é a cultura nos dias de hoje”, aponta.

 

O fato de a cidade ter sido reconhecida pelo Governo Federal como a primeira do Brasil a ter sido colonizada pelos imigrantes da Itália ajudou a secretaria a pensar em formas de honrar o título. Marcelo acredita que isso movimentou o sentimento dos moradores e fez com que a festa ficasse ainda mais simbólica. “Nós aproveitamos todo esse contexto e vamos enganchar com a Carretella, que sempre foi para valorização da cultura que é nossa”, conclui.

 

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link https://www.gazetaonline.com.br/entretenimento/cultura/2018/06/santa-teresa-espera-40-mil-pessoas-para-fim-de-semana-da-carretella-1014137432.html ou utilize os recursos oferecidos na página. Textos, fotos, artes e vídeos da Rede Gazeta estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo digital e/ou do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização da Rede Gazeta (agenciaag@redegazeta.com.br). As regras têm como objetivo proteger o investimento que a Rede Gazeta faz para produzir um conteúdo jornalístico de qualidade.

 

Fonte: Gazeta On Line

Comente