Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

O ex-BBB Felipe Prior publicou um vídeo do momento em que votava em seus candidatos para prefeito e vereador no domingo (15), em seus Stories no Instagram. 

De acordo com o Código Eleitoral, a ação é caracterizada como crime eleitoral por “violar ou tentar violar o sigilo do voto”, e a pena pode ser de até dois anos de prisão.

A atitude do arquiteto virou alvo de críticas nas rede sociais. “Até o final do ano Felipe Prior terá cometido todos os crimes configurados no código penal brasileiro”, escreveu um. “O Felipe Prior é o ser humano mais burro do mundo, não é possível, e vamos de mais um crime pro antecedentes criminais”, escreveu outra.

Após a repercussão, Prior apagou a postagem do seu perfil.

FONTE: R7